Skip to content

BMW também anuncia que não irá mais ao Salão de Detroit

A alemã BMW acaba de anunciar que não vai participar do próximo Salão de Detroit, marcado para janeiro de 2019. Ela segue o que fez a rival Mercedes-Benz há pouco mais de um mês. Além das duas, outras importantes marcas já vinham se ausentando do mais tradicional salão automotivo norte-americano nos últimos anos, como Volvo, Porsche, Mitsubishi, Jaguar, Land Rover e Mazda.

(Jan 2013) Detroit, MI North American International Auto Show

“O Grupo BMW Group decidiu se retirar do North American International Auto Show em Detroit”, disse a empresa em comunicado. “Esta decisão foi tomada porque o Grupo BMW está constantemente examinando sua presença em feiras e outros compromissos, enquanto, ao mesmo tempo, explora plataformas e formatos alternativos. O objetivo geral é comunicar nossas ideias e planos em relação ao futuro da mobilidade da melhor maneira e alcançar a maior visibilidade possível para nossos produtos, tecnologias e inovações “.

Na edição deste ano, em janeiro, a BMW apresentou uma estreia global, o crossover compacto X2. Sua decisão de abandonar o evento a partir do próximo ano é mais um duro golpe para os organizadores do Naias (North American International Auto Show), que estão até considerando mudar a exposição de janeiro para outubro, a partir de 2020.

bmw_x2_detroit

A ideia dos organizadores é se distanciar da feira de tecnologia CES, de Las Vegas, que ocorre uma semana antes, e vem atraindo cada vez mais atenção da indústria e da mídia. E também de outros salões automotivos próximos, como os de Los Angeles e Nova York. Outra vantagem seria fugir da neve, o que permitiria aos expositores organizar ações nas imediações do lendário Cobo Center. O problema em outubro seria a proximidade com os dois grandes salões europeus que se revezam a cada ano em setembro: o de Frankfurt e o de Paris.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: