Skip to content

Uber compra empresa de bicicletas elétricas nos EUA

A empresa norte-americana Uber, conhecida por seu aplicativo para viagens de carros,  continua apostando na expansão de seus negócios. Além de investir em frotas com direção autônoma e até robô-táxis, agora ela se volta para as bicicletas elétricas. Hoje ela anunciou a compra da Jump Bikes, uma empresa de compartilhamento sediada em Nova York e que opera em 40 cidades dos Estados Unidos.

Segundo postou em seu blog a CEO do Uber, Dara Khosrowshahi, a empresa quer disponibilizar vários modos de mobilidade urbana em seu aplicativo, incluindo bicicletas com motor elétrico e tickets de transporte público. Os termos financeiros do acordo não foram divulgados. A Jump Bikes disponibiliza bicicletas motorizadas, que também podem ser pedaladas, a critério do cliente. O custo da locação é de US$ 2,00 por 30 minutos de uso. A marca Jump Bikes deverá ser mantida pelo novo dono do negócio, de acordo com reportagem da CNN.

jump

Mas a Uber não foi pioneira na entrada do segmento de bikes. Em janeiro, a chinesa Didi Chuxing (rival do Uber) entrou no segmento de bicicletas compartilhadas. Nos Estados Unidos, a Lyft (outra gigante do ramo) anunciou um patrocínio das estações de bicicletas em algumas cidades americanas em março.

A Uber enxerga as bicicletas como uma maneira de oferecer transporte rápido e acessível, em complemento às suas atividades com carros. “Nosso objetivo final é aquele que compartilhamos com cidades ao redor do mundo: tornar mais fácil a mobilidade, sem a necessidade de um carro pessoal”, escreveu a CEO da empresa em seu blog.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: