Skip to content

A longa marcha da automação veicular completa 80 anos

Por GLAUCO LUCENA

Desde os primórdios da indústria automobilística, várias tentativas de facilitar o trabalho do motorista deram início a um processo que em breve culminará com o fim da necessidade do posto de comando no carro. O movimento começou com os primeiros câmbios automáticos, que eliminaram o pedal de embreagem. Posteriormente, foi reduzida a necessidade do acelerador, do freio e até da direção. Confira a marcha da automação nessa breve linha do tempo:

oldsmobile

– 1939: Toda a linha Oldsmobile, da GM, passa a contar com câmbio automático opcional, ao custo de 57 dólares. Era o fim da obrigação do pedal de embreagem e de trocas constantes de marcha na alavanca.

– 1958: Chrysler lança o primeiro controlador de velocidade de cruzeiro (o popular piloto automático) nos modelos Imperial, New Yorker e Windsor. Ele mantinha a velocidade constante em estradas, sem precisar do acelerador.

chrysler-new-yorker
Chrysler New Yorker

– 1997: Toyota Celsior estreia controle adaptativo de cruzeiro, que mantém distância segura em relação ao veículo da frente.

– 2000: Linha de veículos comerciais Mercedes Actros adota primeiro sistema que alerta o motorista caso ele esteja mudando de faixa sem sinalizar.

Toyota-Celsior
Toyota Celsior

– 2001: Adeus freio de mão! BMW Série 7 inaugura sistema de estacionamento que não precisa da ação do motorista. Basta ligar ou desligar o carro.

– 2003: Honda Insight é o primeiro modelo com frenagem emergencial. Em caso de colisão iminente, os freios são acionados para reduzir o impacto (primeiro passo para sistemas que tentam evitar a colisão).

honda_insight
Honda Insight

– 2003: Toyota Prius lança primeiro sistema que estaciona o carro automaticamente em vagas paralelas. Depois viriam os que permitem estacionar também em vagas perpendiculares.

– 2005: Protótipo Stanley, da Universidade de Stanford, completa desafio de percorrer de forma 100% autônoma mais de 200 km de um percurso com muitas variações de terreno.

stanley
Stanley foi o primeiro vencedor do Darpa Challenge

– 2016: Caminhão da Uber, escoltado por carros de segurança, faz primeira entrega de um carregamento de latas de cerveja sem auxílio de motorista, depois de rodar quase 200 km.

– 2018: Primeira fatalidade com carro autônomo. Uma ciclista morreu atropelada por um Volvo XC90 da Uber no Arizona, com um monitor humano a bordo. Depois disso, a Uber suspendeu testes em rodovias públicas nos EUA e Canadá até segunda ordem.

Apesar dos recentes acidentes, os testes com autônomos estão de intensificando no mundo. CONFIRA OS DETALHES NO BLOG AUTOBUZZ DA SEMANA, EM IG CARROS!

4 thoughts on “A longa marcha da automação veicular completa 80 anos Leave a comment

Leave a Reply

%d bloggers like this: