Skip to content

VW T-Cross chega em abril para desafiar HR-V, Renegade, Creta e Kicks

Por GLAUCO LUCENA

imagem610

VW T-Cross. Guarde esse nome! A montadora alemã acaba de apresentar globalmente o seu primeiro SUV compacto, com eventos na China, Holanda e São Paulo. O modelo nacional, maior que o europeu, começa a ser produzido em janeiro no Paraná. Até produzir o suficiente para abastecer a rede, espera-se o evento de lançamento em março, com início de vendas em abril. Antes disso, será exibido com pompa e circunstância no Salão do Automóvel, em novembro. Preços? Um mistério, mas AutoBuzz aposta em uma faixa ampla entre R$ 79 mil e R$ 110 mil.

Derivado da arquitetura MQB, a mesma de Polo e Virtus, o VW T-Cross chega com imensa expectativa por parte dos executivos da marca. Um deles não esconde que o sonho é vender cerca de 5 mil por mês, mais que o bem-sucedido Polo, o que tende a colocar a novidade na liderança do segmento. O posto é ocupado desde 2015 pelo Honda HR-V, sempre seguido de perto pelo Jeep Renegade, e mais recentemente pelo Hyundai Creta e pelo Nissan Kicks. Se o segmento já está quente, vai entrar em ebulição em 2019.

20181025_171754

O T-Cross faz parte da estratégia da empresa de oferecer modelos globais com características específicas para atender às necessidades locais de cada região. Depois de lançar o Tiguan e o T-Cross, a VW ainda pretende inundar o segmento SUV brasileiro com mais três modelos até 2020 – o próximo virá da Argentina para desafiar o líder Jeep Compass.

O T-Cross brasileiro terá exclusivamente motores TSI (turbo com injeção direta) e câmbios de seis marchas (manual ou automático). O motor 1.0 200 TSI flex rende 128 cv, enquanto o 1.4 250 TSI gera 150 cv. Oferecerá itens como o painel digital (Active Info Display), seletor de perfil de condução, bloqueio eletrônico do diferencial, Park Assist 3.0, suporte para celular no painel, quatro entradas USB (inclusive para o banco traseiro) e som premium Beats com subwoofer.

imagem610 (1)

O SUV mede 4.199 mm de comprimento e 1.568 mm de altura (9 mm mais alto que o T-Cross europeu). A distância entre os eixos do modelo que será produzido no Brasil é maior: 2.651 mm (88 mm a mais do que a distância entre-eixos do T-Cross europeu). A capacidade do porta-malas varia de  373 a 420 litros.

Além de sensores dianteiro e traseiro para estacionamento, o T-Cross também poderá ser equipado com o sistema “Park Assist 3.0”, que permite o estacionamento autônomo em vagas paralelas e transversais – e agora com a função de freio de manobra. O T-Cross também poderá ser equipado com teto solar panorâmico “Sky View” – dois painéis de vidro que abrangem mais da metade da área do teto do carro. Todas as versões serão equipadas com controle eletrônico de estabilidade, freios a disco nas quatro rodas e seis airbags.

20181025_162740

Categories

Radar

Tags

, , ,

One thought on “VW T-Cross chega em abril para desafiar HR-V, Renegade, Creta e Kicks Leave a comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: