Skip to content

Fiat inaugura em SP primeira de 20 butiques digitais

Para frequentadores de lojas como as da Apple, Samsung, Nespresso e outras desse gênero mais experimental, ir a uma loja de carros parece ser uma viagem ao início do século 20. Muitos, se pudessem, comprariam o carro pelo próprio site da montadora. Esse é o tipo de público que a Fiat quer atender com suas 20 concessionárias digitais. A primeira delas acaba de ser inaugurada ao lado do estádio do Pacaembu, região nobre da capital paulista.

imagem (5)

O conceito é inspirado no de butiques de marca, como as lojas de carros elétricos Tesla, mas sempre operada por um concessionário estabelecido. Ocupa uma área menor do que um ponto de venda tradicional, numa região com grande fluxo de carros, mas também de pedestres e ciclistas – daí a ideia de ter local na loja para deixar a bike, o pet ou as crianças num final de semana.

As inovações começam na fachada. A identidade visual é distinta das demais concessionárias e se baseia na geometria de uma colmeia. Quando o cliente entra na loja, encontra um totem no qual se identifica e recebe um QR code para as outras etapas do processo de interação. Sempre há a alternativa de solicitar o apoio de um especialista da loja. Mas toda a arquitetura física e de informação permite o autoatendimento. Com 300 m2, tem espaço para apenas três carros no show-room, além de quatro para test-drive.

imagem (3)

Há duas mesas interativas, que são telas de 43 polegadas sensíveis ao toque. Neste equipamento o cliente pode configurar todos os modelos da marca, escolhendo cores, opcionais, acessórios e serviços extras, sempre tendo acesso ao valor total do modelo configurado. Há uma terceira tela, dedicada à Mopar, divisão encarregada de serviços, acessórios e customização, na qual o cliente pode personalizar seu veículo.

A loja conta ainda com um mostruário físico de opções de acabamento – cores, tecidos e outros detalhes. Está disponível também um sistema de realidade virtual, através de óculos VR, que permite ao cliente experimentar as alternativas de acabamento e versões de cada modelo, alterando itens opcionais e cores.

imagem (4)

Configurado o modelo, o cliente pode fazer um test-drive. Só nesse caso, ou na hora de finalizar a compra, o consumidor solicita o apoio do especialista em negociação, que concluirá o processo de vendas. A entrega é feita na própria concessionária digital, ou por entrega em domicílio.

Por não ter oficina, os serviços de manutenção e pós-vendas são prestados pela concessionária nos endereços em que já mantém essa estrutura. “O comportamento do consumidor mudou, por isso a interface dele com a marca precisa acompanhar essa evolução”, explica Herlander Zola, diretor da Fiat para a América Latina.

imagem (6)

“Teremos outras 19 lojas desse tipo em São Paulo, no interior do estado e ainda em Salvador, Recife, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, inicialmente. Além disso, 110 das nossas 521 concessionárias tradicionais receberão essa tecnologia de interação com o cliente até o fim de 2019″, afirma Tai Kawasaki, diretor de Desenvolvimento de Rede.

 

 

One thought on “Fiat inaugura em SP primeira de 20 butiques digitais Leave a comment

  1. Queremos carros modernos, tecnologia de ponta, segurança, desempenho, economia. Olha a Boutique dela!

Leave a Reply

%d bloggers like this: