Skip to content

Jeep Gladiator retoma tradição de picapes da marca americana

ESPAÇO BRANDED CONTENT

2020 Jeep® Gladiator Rubicon

Desenvolvido sobre a rica herança das robustas picapes da marca, a Jeep Gladiator 2020 entrega uma inigualável combinação de utilidade e características intrínsecas da marca. Ela estará disponível em quatro acabamentos: Sport, Sport S+, Overland e Rubicon. Produzida em Toledo (EUA), a picape Gladiator chegará às concessionárias norte-americanas no segundo trimestre de 2019. Não há previsão de importação dela para o Brasil, apenas do novíssimo Jeep Wrangler, do qual deriva (no primeiro semestre de 2019).

imagem (8)

A Jeep Gladiator terá motor 3.6 V6, a gasolina. Ele entrega 289 cv de potência, 35,9 kgfm de torque. O câmbio poderá ser manual de seis marchas ou automático de oito. O modelo terá dois avançados sistemas de tração nas quatro rodas. O Command-Trac 4×4, de série nas configurações Sport e Overland, conta com caixa de transferência de duas velocidades e com a terceira geração de eixos rígidos Dana dianteiro e traseiro. Na versão Rubicon, o sistema Rock-Trac 4×4 incorpora a última geração de eixos de alto rendimento Dana 44 e marcha reduzida com relação final 4:1. São de série os diferenciais com bloqueio eletrônico Tru-Lok.

imagem (9)

Tradição em picapes

A Jeep Gladiator 2020 é a última expressão de uma longa história de picapes Jeep, iniciada em 1947 quando a Willys-Overland lançou uma picape de uma tonelada com tração 4×4 baseada no CJ-2A. Assim, a novidade vai dar continuidade a mais de 50 anos de tradição alcançada pelos seguintes modelos (com os respectivos anos de produção nos EUA):

Jeep Pickup: 1947 a 1965
Uma picape com 2,99 m de distância entre os eixos que teve poucas mudanças ao longo de sua trajetória. Foi a primeira tentativa da Willys para diversificar a marca Jeep a partir do CJ. Teve fabricação no Brasil entre as décadas de 1960 e 1980 e foi o primeiro vencedor do prêmio Carro do Ano, em 1966.

imagem (10)
Jeep FC-150/170 Pickup: 1957 a 1965
Com cabine sobre o eixo dianteiro, a série Forward Control (FC) foi criada para o trabalho, com entre-eixos de 2,06 m para o FC-150 e de 2,63 m para o FC-170. Alguns FC-170 tiveram rodado traseiro duplo e câmbio de quatro marchas.
Jeep Gladiator/J-Series: 1963 a 1987
Baseada no Wagoneer, o Gladiator estreou em 1963 com entre-eixos de 3,05 m (J-200) ou 3,20 m (J-300) e caixa de transferência Dana 20 e eixos Dana 44. O nome Gladiator foi retirado em 1972.
imagem (11)

Jeep CJ-8 Scrambler: 1981 a 1985
Lançado em 1981, o Scrambler foi um Jeep similar ao CJ-7 mas com distância entre os eixos maior. Conhecido internamente como CJ-8, teve versões de teto rígido e de lona. Menos de 30.000 unidades foram produzidas, o que o faz muito desejado entre os colecionadores.
Jeep Comanche (MJ): 1986 a 1992
Feito sobre a plataforma do Cherokee e com equipamento equivalente, a picape recebeu uma caçamba de 1,83 m em 1987. Os últimos modelos ofereceram sistemas de tração 4×4 Selec-Trac e Command-Trac.

imagem (12)

Leave a Reply

%d bloggers like this: