Skip to content

Elétricos plug-in foram 2,2% dos carros vendidos no mundo em 2018

A marcha dos veículos elétricos no mundo ainda é um tanto lenta, embora venha em processo de aceleração. De acordo com a consultoria global IHS, esses modelos representaram 2,2% de todos os veículos leves vendidos no planeta em 2018, fatia um pouco maior que o 1,7% do ano anterior. Esse cálculo leva em conta apenas os puramente elétricos ou híbridos plug-in (com tomada de carregamento). Logo, não inclui os híbridos sem tomada, como a maioria dos Toyota Prius.

Tesla

Esses modelos “verdes” vão muito bem em certos paíes. A Noruega é onde eles tiveram a maior participação em 2018, com 48,3% do mercado. Mas esse paós nórdico é exceção até na Europa, já que a média do continente foi de apenas 2,4% de eletrificados em 2018. Nos Estados Unidos, apesar do sucesso da Tesla, a participação foi de somente 1,7%.

No Brasil, de acordo com a Anfavea, em 2018 foram emplacados 3.970 elétricos (na verdade quase todos híbridos não plug-in), 700 a mais que em 2017. Mas a participação sobre o total de veículos se manteve em mero 0,2%. Com a redução do IPI confirmada em novembro, espera-se uma elevação em 2019, mas nada que leve a um dígito cheio de participação.

eletricos2018

No ranking de marcas, a americana Tesla liderou as vendas globais de carros elétricos, com 12% do total, seguida pela chinesa BYD (11%) e pela alemã BMW (9%). A Toyota teve 3%, mas seria líder se o Prius não plug-in fosse incluído na conta. A marca japonesa é a que mais aposta na propulsão alternativa no Brasil. Prova disso é o anúncio feito recentemente da produção do primeiro híbrido flex do mundo no país, no fim deste ano.

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

%d bloggers like this: