Skip to content

Kia e Hyundai testarão os primeiros airbags multicolisão do mundo

airbag3

O Hyundai Motor Group, que controla as marcas coreanas Hyundai e Kia, anunciou que está desenvolvendo o primeiro sistema de airbag multicolisão do mundo. A tecnologia é capaz de reforçar significativamente o desempenho dos airbags em acidentes com seguidas etapas de impacto. Este tipo de acidente é aquele em que o impacto primário é seguido por colisões com objetos secundários, como árvores, postes ou outros veículos.

SAIBA MAIS: Kia mostra cabine que muda conforme o humor do motorista

Os sistemas de airbags atuais não oferecem proteção secundária quando o impacto inicial é insuficiente para causar a inflação do equipamento. No entanto, o novo sistema multicolisão permite que os airbags sejam inflados de forma eficaz em um impacto secundário. Modelos da Kia e da Hyundai já rodam em testes com o equipamento, que em breve deve ser oferecido comercialmente.

airbag1

De acordo com comunicado do grupo coreano, a nova tecnologia detecta a posição dos ocupantes na cabine após uma colisão inicial. Quando os ocupantes são forçados a posições incomuns, a eficácia da tecnologia de segurança existente pode ser comprometida. O sistema de airbag multicolisão é projetado para inflar ainda mais rapidamente, proporcionando segurança adicional quando motoristas e passageiros estão mais vulneráveis. Ao recalibrar a intensidade de colisão necessária para o inflamento do airbag, o sistema responde mais prontamente durante o impacto secundário.

SAIBA MAIS: Fabricantes de pneus investem em soluções para os carros do futuro

De acordo com dados dadivisão da Administração Nacional de Segurança nas Estradas dos Estados Unidos (NHTSA), cerca de 30% dos 56.000 acidentes com veículos registrados de 2000 a 2012 no país envolveram multicolisões. O principal tipo de acidente com vários tipos de impacto envolveu carros invadindo a pista central (31%), seguido por paradas repentinas em pedágios (13%), colisões no canteiro central da rodovia (8%) e colisões contra árvores e postes da rede elétrica (4%).

airbag2

Leave a Reply

%d bloggers like this: