Skip to content

Steve St. Angelo deixará o cargo de CEO da Toyota América Latina em abril

O CEO da Toyota para América Latina e Caribe, Steve St. Angelo, deixará o cargo no início de abril. A informação foi publicada pelo site Automotive News, citando comunicado divulgado pela matriz no Japão. O anúncio oficial ainda não foi feito pela Toyota brasileira ou latino-americana, o que deverá ocorrer apenas após o feriado de Carnaval. O sucessor será Masahiro Inoue, atualmente o auxiliar mais graduado de St. Angelo. Sua saída faz parte de uma grande reestruturação de cargos na companhia. Ao site americano, ele confirmou que se aposentará da Toyota e retornará aos EUA.

steve_st_angelo

St. Angelo tem 63 anos e ingressou na Toyota em 2005, depois de anos na General Motors. Nativo de Detroit (EUA), ganhou reconhecimento durante o escândalo do recall do acelerador do Corolla, quando o presidente global Akio Toyoda o convocou para liderar um comitê global de qualidade, encarregado de encontrar as causas do problema e planejar maneiras de corrigi-las para que nunca mais se repetissem. Toyoda ficou tão impressionado com os resultados do executivo que o designou para a América do Sul em 2013, para revitalizar os negócios da Toyota na região.

LEIA MAIS: PSA define retorno da Peugeot aos Estados Unidos e Canadá

De acordo com o Automotive News, nos primeiros nove meses do atual ano fiscal, o volume de atacado da Toyota na América Central e na América do Sul subiu para 351 mil veículos, ante 335.000 do mesmo período anterior. A Toyota espera que as vendas sejam de 450 mil unidades no ano fiscal completo, um número bem superior aos 364 mil do ano anterior à posse do executivo.

stangelo

No Brasil, a Toyota experimentou um período de crescimento sem precedentes sob a batuta de St. Angelo, tanto que disputa atualmente a que a colocação no ranking de vendas com Ford e Renault. Nesse período, Corolla e Hilux se firmaram como líderes absolutos em seus segmentos, enquanto o compacto Etios passou por ajustes após um tímido inicio de vendas.

LEIA MAIS: Toyota confirma produção no Brasil do primeiro híbrido flex do mundo

As últimas realizações de sua gestão foram o lançamento do Yaris (hatch e sedã), além da implantação de uma estratégia agressiva e pioneira de eletrificação no país, tema que sempre teve St. Angelo como grande entusiasta. Não por acaso o Prius lidera as vendas entre os híbridos, a Lexus tem opções híbridas em toda a sua gama e, até o fim do ano, a Toyota será a primeira empresa a ter um inédito modelo híbrido flex feito no Brasil.

Categories

Radar

Tags

Leave a Reply

%d bloggers like this: