Skip to content

Volkswagen dos EUA transforma Kombi clássica em carro elétrico

KombiP1S
A Volkswagen dos Estados Unidos, mais exatamente o Centro de Inovação e Engenharia da marca na Califórnia, resolve transformar uma clássica Kombi dos anos 60 em um modelo movido apenas a eletricidade. E a transformação teve direito a uma série de detalhes estéticos com efeito 3D sem alterar demais o visual retrô da “Velha Senhora”.

LEIA MAIS: Porsche Taycan aparece pela primeira vez sem disfarces

Para começar, todo o conjunto mecânico com motor boxer,de quatro cilindros, refrigerado a ar, que funciona com câmbio manual de cinco marchas foi substituído por um sistema totalmente elétrico,que inclui baterias de 10 kWh e propulsor de 120 cv e nada desprezíveis 17,7 kgfm, força disponível logo ao encostar o pé no acelerador.

KombiP2S

Claro, com o motor elétrico, sai de cena o ronco metálico característico do boxer, amplificado pelas aletas de refrigeração e entra o silêncio absoluto. Ou melhor, apenas um zumbido quase impeceptível de um carro elétrico. Para completar, instalaram também um identificador biométrico, liga a Kombi apenas para pessoas cadastradas no sistema da van da Volkswagen.

LEIA MAIS: Carro elétrico se carrega sozinho e tem autonomia de 725 km

Dê uma olhada nos novos detalhes do visual dessa Kombi. Há componentes pintados de laranja brilhante, de estilo orgânico, que podem sem encontrados nos retrovisores externos, rodas e até na parte de sustenta os bancos. Foram desenhados para serem bem leves, mas sem perder a resistência, algo importante em um elétrico, por causa do consumo de energia. Pensa que acabou?

Então saiba que a suspensão é pneumática e foi projetada com ajuda do pessoal da Porsche e na frente do enorme volante existe uma tela de alta resolução, sensível ao toque, do sistema multimídia. Trata-se do maior protótipo da Volkswagen desenvolvido fora da Alemanha.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: