Skip to content

Porsche Taycan deverá superar as vendas do 911

porsche-taycan-shanghai-1

A Porsche já registra mais de 30 mil depósitos para compra do novo esportivo elétrico Taycan a mais de um mês do lançamento do carro, o que significa que a marca terá como cumprir com folga a meta de produzir 40 mil unidades no primeiro ano. A informação foi confirmada pelo Diretor de RH da Porsche, Andreas Haffner ao jornal alemão Handelsblatt.

LEIA MAIS: Porsche Taycan aparece pela primeira vez sem disfarces

Os planos iniciais eram de vender a metade das 40 mil unidades logo de cara, mas os adiantamentos mostram que a demanda pelo supercarro elétrico Taycan superaram as expectativas. Cada um dos 30 mil interessados no modelo pagaram US$ 2.785 de sinal, o equivalente a cerca de R$ 11.140 numa conversão simples.

porsche-taycan-shanghai-3

Se a Porsche conseguir sustentar esse ritmo de 40 mil unidades por ano do Taycan, o elétrico irá superar as vendas de alguns modelos a combustão da marca, como o 718 Boxster e o lendário 911, que tiveram 35.573 e 24.750 unidades vendidas, respectivamente, em 2018. Com isso, o novo modelo poderá ficar próximo do volume dos SUVs Macan e Cayenne. E partir para briga com os rivais da Tesla.

LEIA MAIS: Carro elétrico se carrega sozinho e tem autonomia de 725 km

O duelo com os concorrentes da Tesla será interessante, uma vez que a marca americana não deverá adotar grandes mudanças nos seus modelos tão cedo, conforme o próprio dono da fabricante, o polêmico bilionário Elon Musk, chegou a declarar na mídia. Como o Porsche Taycan chegará bem atual e com apelo, deverá ter fôlego para se tornar um dos elétricos mais vendidos no mercado global.

Leave a Reply

%d bloggers like this: