Skip to content

Câmeras no lugar dos retrovisores devem invadir o mercado

CamerasP1

Depois do Japão e da Europa, os Estados Unidos também deverão aprovar o uso de câmeras no lugar dos retrovisores externos, o que deverá causar uma invasão desse equipamento no mercado. O departamento de segurança de trânsito americano (NHTSA) vai começar os testes para aprovar o novo sistema, informa a agência Reuters.

LEIA MAIS: GM lança Bolt da linha 2020 com mais autonomia

Os experimentos vão observar como os motoristas se comportam em diversas situações. A maneira como vão mudar de faixa será uma das que serão levadas em consideração. Vão comparar o comportamento do novo sistema com os tradicionais espelhos e darão chance para o público em geral fazer comentários sobre os resultados.

Já existem pedidos das fabricantes instaladas nos EUA para que as câmeras no lugar dos retrovisores sejam aprovadas desde março de 2014, quando foi formada uma aliança com marcas como GM, Volkswagen, Toyota, entre outras. A Daimler também chegou a fazer pedido para usar esse tipo de equipamento nos seus caminhões pesados. Mas as petições ficaram pendentes.

LEIA MAIS: Audi E-Tron: primeiro elétrico avaliado em teste de colisão nos EUA

Entretanto, agora o assunto deverá ser resolvido, primeiro para os carros de passeio e, posteriormente, para os utilitários de pequeno, médio e grande portes. Uma série de fabricantes já usam câmeras para auxiliar nas manobras de estacionamento. E outras já deixaram de usar retrovisores externos, como é o caso da Lexus (com o novo sedã ES, lançado em 2018) e da Audi, com o SUV elétrico E-Tron, vendido no mercado europeu.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: